Quem vê cara não vê coração!

Às vezes eu adoro usar um clichê, um ditado popular. Mas este em particular me faz relembrar algumas situações que ilustram nitidamente o que foi dito.
"Quem vê cara não vê coração"


Estava eu num certo dia fazendo minhas compras domésticas e tal, quando me lembrei de comprar bananas. Estava passando em frente de um mercadinho e vi umas bananas daquelas amarelas como de costume e com uns sinaizinhos pretos, também como de costume. Ao entrar no local, percebi que havia uma caixa com outra espécie de bananas, porém essas eram mais bonitas, e sem os tais sinaizinhos. Eu me apaixonei por elas e as levei pra casa. Até aí tudo bem.
Depois do almoço provei uma das belezinhas amarelas sem sinaizinhos e para a minha surpresa estavam tão sem gosto, parecia que eu estava comendo palha. Aiai... nem gosto de lembrar.
Mais tarde fui tentar uma bananada, porque talvez o leite, a aveia e o açúcar enganaria o mal gosto da fruta. E no fim das contas de nada adiantou. Então eu aprendi que os sinaizinhos sinalizavam alguma coisa e que nunca mais comprarei bananas bonitas. (Viva a beleza interior!)

Outro episódio nada confortável foi quando eu e uma amiga fomos lanchar comida árabe. Eu e essa mania que querer provar o novo, a convenci para comer o tempero árabe, que pelo cardápio parecia bem apetitosa a comida. Quando fomos comer o bendito quibe, a surpresa: era bem fedorento e não mencionaram que era quibe cru, mas tudo bem, quer dizer, acabei de lembrar daquelas esfirras de carne que o cheiro não ajudava em nada o paladar, foi horrível e estranho. Então pelo menos aprendemos que nunca mais devemos comer quibe e nem esfirra de carne. De sorte veio por acaso uma esfirra de frango, o que salvou o nosso lanche!! Acho que o pior veio depois, porque minha amiga ficou alguns dias passando mal. Quanto a mim, acho que ganhei imunidade até porque todo dia eu como a minha comida e provo do meu tempero, fiquei forte... hehe

Então galera, lembrem-se: vá além do que seus olhos podem ver!
Luz pra nós!

Um comentário:

Daniella disse...

A aprendeu? rssrrs
Boooa, gostei! rs